EU SOU


A você que lê, Eu falo.
A você que busca verdade, compreensão, felicidade e liberdade, que tem a alma cansada e às vezes desanima na busca das respostas às suas indagações mais íntimas, Eu falo.
A você que muitas vezes pensa ter encontrado estas respostas através de algum instrutor ou mestre, dentro de alguma sociedade religiosa ou mística, que até pudesse ser um canal através do qual pudesse obter muitos ensinamentos, mas que em seguida pode perceber se tratar apenas de mais um irmão ou irmã, que também está em busca das suas próprias respostas. Assim como você, outro ser humano cheio de falhas, debilidades, ansiedade, dúvidas e limitações.
A você mesmo se dirigem estas informações que a partir de agora poderão se tornar as respostas que tanto buscas.

Então, num lugar quieto dentro de si mesmo, acalma teu intelecto humano, abra teu coração e tua mente, e mergulha nestas palavras com a mais pura intenção de encontrar-se com a Verdade.
Tudo que você vai ler a partir daqui está escrito dentro de ti mesmo, apenas esperando o momento certo para ser percebido, pois toda a Verdade assim como todas as respostas estão dentro de cada um, e nunca do lado de fora, ou seja, elas não podem ser encontradas de forma literal nas respostas que as outras pessoas nos dão, mas, tão somente através dessas respostas. 

Essas outras pessoas nos servem como projeções de nós mesmos, e sua única função é nos auxiliar a nos re-conhecermos a nós mesmos.
Estas palavras iniciais podem causar alguma confusão a princípio, mas, não se pre-ocupe com isso.
Sente-se, acalme-se, e busque uma posição que te seja confortável e procure eliminar qualquer tensão em teu corpo físico.
Aquieta-te, e permita-se conhecer-te.
Sem pensar, isto é, sem usar teu intelecto humano e racional, sem nenhum tipo de julgamento ou objeção, permita que tua consciência penetre no sentido mais profundo das palavras a seguir:
EU SOU DEUS.
Pronuncie-as exatamente assim, e permita-se sentir que Deus é o teu próprio Eu Interior, e tua própria Essência que agora lê.
Se tua humanidade, teu ego, ainda te impede de reconhecer esta Verdade, e te faz duvidar dela, não se incomode. Se por outro lado, estas palavras te fizeram sentir um prazer interior, e vislumbrar uma luz no teu caminho, ótimo. Seja qual tenha sido o teu sentimento, segue em frente, e se permita descobrir o Eu que habita teu interior, e não se deixe enganar pelo orgulho do eu psicológico e descrente do ser humano que você encarna neste momento. Afinal, se você tem este livro nas mãos, é por que é chegado o momento em que você mesmo marcou o início desta grande descoberta.
Eu Sou meu próprio Ser. O que lê e diz: Eu Sou. Essa parte transcendente, e ao mesmo tempo, mais profunda de ti, que à medida em que for lendo, despertará e responderá a esta Essência divina, que percebe a Verdade nela contida.
Por que Eu Sou meu verdadeiro Instrutor, o único que haverei de conhecer como meu verdadeiro Mestre.
Eu, meu Ser Divino.
Eu Sou Minha própria Palavra viva, Deus que se manifesta através de mim. Eu que estou me suprindo de tudo o que é necessário para meu próprio crescimento e manutenção física, mental e espiritual.
Assim, tudo o que fala comigo vindo do meu íntimo à minha consciência humana e externa, é o meu Ser Eterno e Divino quem fala.
Da mesma forma, tudo o que sempre despertou meu interesse externo, foi provocado por Eu mesmo internamente. Não por meu intelecto humano, mas por minha Mente Divina, Deus em Ação em mim.
A partir de agora, liberto-me para sempre, da ilusão criada pelo ego deste ser humano, cuja vontade tentava satisfazer e aceitar.
Para que Minha Palavra penetre até o íntimo de minha consciência, minha mente se torna Instrutora, e meu intelecto meu servidor.
Deixo de lado todas as fantasias, crenças e ilusões do ego humano, para me perceber como meu próprio Mestre Espiritual, e ouvir minha Voz Interior.
Sim, Eu Sou Deus que fala a minha consciência humana, agora, para fazer-me perceber minha Essência primeira e única.
Eu mesmo preparei minha mente, para chegar a este ponto de compreensão. Conduzi-me intencionalmente de maneira que pudesse perceber a Minha Essência Divina desde o princípio de tudo, através de livros, cursos, religiões, filosofias e ensinamentos.
É chegado o momento para que eu me conheça, através de meu Eu.
Então, para que eu possa Me conhecer, é preciso aprender a aquietar este intelecto humano, e sossegar o corpo, e o diálogo impertinente desta consciência humana. Isto não é fácil, mas é possível, afinal de contas, Eu me trouxe até aqui.
Acredito que quem lê desde o início, Sou Eu, meu Ser Divino e Eterno através deste corpo físico, animado pela minha Alma, Energia de meu Espírito, o qual dirige toda a vontade e intenção superior para me conduzir pelos caminhos traçados que me levem ao crescimento evolutivo consciencial. Eu preparei meu próprio caminho.
Meu intelecto humano, este que lê conscientemente estas palavras, conecto-me a meu Ser Espiritual e permito que este meu Eu Superior dirija minha consciência humana no caminho do auto-conhecimento de mim mesmo, pois este Eu sou eu mesmo.
Toda a ilusão do mundo exterior se perde, quando me percebo Senhor de Mim de mesmo, o próprio Deus em ação através deste corpo humano. Meu intelecto racional se rende à minha Vontade Superior, que não é este corpo físico, mas antes meu Ser Real e Eterno. Minha mente é meu Espírito, Eu; meu intelecto é a racionalidade humana.
Sem pensar, deixo minha mente divina tomar conta de minha alma. Sinto minha Voz Interior falando comigo conscientemente e dominando todas as células do meu corpo, e toda a minha faculdade pensante.
Eu Sou Deus em ação neste corpo e intelecto, e assim sinto-me inteiro. Meu Interior e meu exterior são uma coisa só: Eu mesmo.
Se me volto para dentro de mim, encontro sempre o conforto, o auxílio, a resposta certa e adequada. 
Sei que Sou o Senhor de minha Vida Eterna, e nada me falta, pois tenho me sustentado pela eternidade, cumprindo meu próprio desejo de experienciar a realidade material, para evoluir infinitamente.
Tudo depende exclusivamente de mim, e somente de mim. Ninguém pode fazer por mim mais do que Eu mesmo, por que só Eu me conheço profundamente.
Desde quando resolvi participar da experiência dentro de um corpo físico, mantive controle sobre todos os acontecimentos. 
Permiti-me cometer “erros” para que através deles pudesse aprender a não errar.
Deixei-me enganar pelo desejo dos bens materiais, para que pudesse perceber sua simples utilidade passageira e me desprender da ilusão da necessidade escravizante. 
Vi meus irmãos como rivais e concorrentes, até compreender que todos tinham tido a mesma intenção.
Deixei-me envolver pelos encantos físicos, para perceber a beleza do Espírito.
Minha Alma chorou infinitas vezes, sem saber que tudo estava sustentado por Mim mesmo, com o único propósito de Me conhecer totalmente.
Deus, Eu Mesmo, O Ser Real que Eu Sou, nunca esteve distante deste corpo físico, mas sempre foi este mesmo corpo.
O que o Grande Mestre Jesus disse: “Eu e meu Pai somos Um”, era exatamente isso, ou seja, este corpo físico com este intelecto humano, animado por minha alma, minha consciência humana, minha personalidade, e meu Espírito Eterno, Deus, somos a mesma coisa, e Um só Ser.
Nunca houve e jamais haverá qualquer separação. 
A idéia de separação foi uma ilusão criada pelo meu afastamento natural, como ser humano, da minha verdadeira Essência primeira e única, sem a qual, este eu psicológico e humano, jamais teria existido.
Agora sei que sou imune a tudo, pois, só pode me atingir aquilo que minha consciência humana permitir ou aceitar.
Nada, nem ninguém, pode ser contra mim, desde que eu reconheça que Eu Sou meu próprio Senhor e Soberano, e sei que tudo e todos que estão à minha volta fazem parte do mesmo projeto, cada um experimentando a realidade conforme suas próprias intenções, pensamentos e sentimentos, e vivenciando suas naturais consequências.
Quando resolvi participar do jogo da matéria fui gerando diversas situações desequilibradas que provocaram a desarmonia cósmica, e se assim fiz, foi por pura ignorância do que ainda não conhecia, não compreendia, nem tampouco podia dominar. Portanto, nada mais justo, que Eu mesmo tivesse, como tenho feito, que corrigir a desarmonia que provoquei.
Não me sinto culpado por nada, pois sei que não careço de me sentir assim, afinal, tudo faz parte do Meu projeto de aprendizado.
Por várias vezes, senti raiva de mim mesmo, quando o resultado de minhas ações não correspondia às minhas expectativas, e hoje sei que isto fazia parte do despertar de minha consciência para a Verdade da Vida. Era a maneira como Eu podia falar com o eu psicológico dentro deste corpo, minha alma, que imaginava ser o senhor da situação, que embora tivesse todo o poder de escolha ainda não dispunha de conhecimento acumulado o suficiente para discernir sobre o melhor ou a atitude mais correta. 
Hoje sei, que todas as ilusões por que passei, foram geradas pela ignorância sobre a minha verdadeira natureza e a necessidade assumida de me conhecer cada vez mais e melhor a partir do momento que tive de desenvolver uma maneira de poder participar diretamente da experiência física.
Não tenho condições de saber neste momento quando meu Espírito foi gerado, mas, sei que a partir desse momento tive o impulso de aprender tudo sobre tudo, e isto inclui a minha própria realidade. 
Já disponho de consciência suficiente para perceber que minha jornada está apenas no início, mesmo que a caminhada já seja longa. Porém, como também sei que ela jamais terá um final, sinto-me cada vez melhor por poder a cada novo momento perceber as possibilidades infinitas que estão a minha disposição, pois Eu Sou parte inseparável da Fonte de Tudo, e assim, de tudo que há e possa vir a ser. 
Os limites, seja do que for, só existiam enquanto foram alimentados pela ignorância de quem Eu realmente Sou – uma parte do próprio Deus em ação.

Agora tenho certeza de quem Eu realmente Sou.

Conheça nosso novo site:
Vida Sem Segredos - www.vidasemsegredos.com.br


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Muito grato pela sua presença e participação.